19 Janeiro 2012
Liberty Seguros é a “Melhor Grande Empresa” para trabalhar em Portugal

A Liberty Seguros acaba de ser reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, com o Prémio 2011/2012 - Excelência no Trabalho que, nesta edição, lhe valeu a conquista do galardão de “Melhor Grande Empresa” para trabalhar em Portugal. A empresa foi distinguida também com o Prémio Setorial de “Melhor Empresa” na área da Banca, Seguros e Serviços Financeiros.
 
A atribuição deste Prémio teve por base um Estudo realizado pela Heidrick&Struggles, em parceria com o Diário Económico e a ISCTE Business School, cuja ideia subjacente é sensibilizar o mercado para a importância da gestão do Capital Humano nas suas várias dimensões, através do reconhecimento de empresas que se distingam das demais ao nível de boas práticas e tendo em conta uma elevada satisfação dos colaboradores.

Esta dupla distinção vem sublinhar os valores pelos quais a Liberty Seguros assenta a sua filosofia empresarial e que lhe permitem conquistar dois prémios de elevada notoriedade no mercado, como estes que lhe foram recentemente atribuídos: é uma empresa que aposta na flexibilização, sendo o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal dos seus colaboradores um dos pilares da sua política de gestão de recursos humanos.

Sobre os prémios alcançados, José António de Sousa, CEO & Presidente da Liberty Seguros, salienta que “são um motivo de elevado orgulho para a equipa, e um fator de forte motivação para continuarmos a desempenhar, dia após dia, um trabalho de qualidade que nos permita manter-nos como uma referência no mercado. O sucesso é sempre um projeto coletivo, o resultado de um esforço comum, de uma visão partilhada. Esta dupla distinção que a Liberty Seguros acaba de ganhar, pelo segundo ano consecutivo, é uma homenagem a todos os colaboradores, parceiros de negócio e clientes da empresa”.

O Prémio Excelência no Trabalho incide em quatro eixos fundamentais: a Excelência da Dinâmica Organizacional (i.e., aprendizagem contínua, orientação estratégica e orientação para o cliente), a Excelência dos Processos (i.e., informação e comunicação, práticas de liderança, coordenação e integração), a Excelência do Clima (i.e., confiança organizacional, justiça e bem-estar) e a Excelência da Gestão de Recursos Humanos (i.e., condições de trabalho, desenvolvimento de competências e gestão de talentos).