15 Novembro 2012
Liberty Seguros presta homenagem às vítimas da estrada
No âmbito do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada que se assinala no próximo dia 18 de Novembro, a Liberty Seguros juntou-se à Associação Perdas e Afectos numa iniciativa de sensibilização para a segurança rodoviária e de homenagem a todos os que foram vitimados por acidentes na estrada, que decorrerá nos dias 16, 17 e 18 de Novembro no Porto, no ArrábidaShopping.   

Denominada “Fim de Semana em Memória das Vítimas da Estrada”, esta iniciativa integra a realização de várias ações de sensibilização para a prevenção dos acidentes rodoviários, entre as quais se destacam a exibição de vídeos demonstrativos de acidentes e de situações de excesso de velocidade na estrada, a realização de testes de medição dos níveis de alcoolemia, uma exposição de viaturas acidentadas e a perceção de um acidente através de simuladores de capotamento.

A cerimónia de abertura decorre no dia 16 de Novembro, às 20 horas, seguida de uma palestra explicativa do que representa a iniciativa. O “momento alto” destas atividades de sensibilização decorrerá no domingo, dia 18, com o simulacro de um acidente com vítimas encarceradas, feridos graves e vítimas mortais que terá lugar na zona exterior de acesso ao ArrábidaShopping.

Defensora da prevenção rodoviária e da consciencialização da segurança na estrada, a Liberty Seguros tem vindo a implementar, desde 2006, ações e campanhas de sensibilização por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada. Este ano, a seguradora associou-se à Associação Perda e Afectos nesta iniciativa conjunta, marcando a sua presença no local com a disponibilização de informação para o público em geral e com um espaço lúdico específico para os mais pequenos onde poderão fazer desenhos, participar em passatempos e conhecer o “Clicas”, a mascote solidária da Liberty Seguros. A ex-atleta olímpica Aurora Cunha, Embaixadora do Movimento “Eu Respeito a Estrada” criado pela Liberty Seguros, vai estar presente no dia 17 de Novembro à tarde, no stand da marca, para dar a conhecer esta iniciativa e partilhar autógrafos com todos participantes. 

A iniciativa “Fim de Semana em Memória das Vítimas da Estrada” conta com a participação do CODIS - Comando Distrital da Proteção Civil do Porto, da Guarda Nacional Republicana, da Polícia de Segurança Pública, do Instituto Nacional de Emergência Médica e dos Bombeiros Sapadores de Gaia.

Desde o início do ano que Portugal registou um total de 502 mortes causadas por acidentes rodoviários, menos 81 que em igual período no ano passado. Em 2011, foram registadas 689 vítimas mortais nas estradas portuguesas. De acordo com a Autoridade Nacional da Segurança Rodoviária, o excesso de velocidade, as manobras perigosas e o consumo excessivo de álcool são as três principais causas dos acidentes rodoviários em Portugal, às quais se juntam as deficiências de acuidade visual não vigiadas, situações de fadiga e o uso indevido do telemóvel.

Rodrigo Esteves, Diretor de Marketing da Liberty Seguros, explica que “o envolvimento da empresa nesta ação prende-se com a permanente atuação que temos em matéria de prevenção rodoviária. São iniciativas como esta que a Associação Perdas e Afectos irá dinamizar que sensibilizam e despertam a consciência de todos para a segurança rodoviária e para os que, lamentavelmente, foram vitimizados pelos acidentes na estrada. Contamos, ao longo destes dias, despertar todos os automobilistas e o público em geral para que tenham uma atitude consciente de que a prevenção é o fator ´número um’ da segurança nas nossas estradas. Convidamos todos a visitar o nosso espaço no Facebook, em www.facebook.com/eurespeitoaestrada, e a juntar-se à Liberty Seguros nesta iniciativa.”. 

Para Lúcia Ferreira, presidente da Associação Perdas e Afectos, “Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada pretende recordar todos aqueles que ficaram gravemente feridos ou faleceram em acidentes rodoviários. Com esta iniciativa, pretendemo-nos juntar à celebração global da efeméride, não só pela homenagem, mas também pela sensibilização para os comportamentos de risco na estrada”.