Liberty Seguros na Volta
91 ANOS DE VOLTA

O maior acontecimento desportivo do verão português e um dos maiores símbolos de identidade nacional regressa às estradas de 31 de julho a 12 de agosto. A Volta a Portugal em Bicicleta, realizada a primeira vez em 1927, comemora 91 anos mas como todos os anos se renova está mais jovem do que nunca. A emblemática e marcante efeméride aumenta expetativas sobre a 80ª Volta a Portugal.

Após três anos consecutivos a receber o final da competição, Setúbal vai assistir desta vez à partida do evento enquanto Fafe irá brindar aos vencedores. Entre o prólogo e o pódio de consagração pedalam-se 1578,9 km numa exigente e desafiante edição com 30 prémios de montanha e 27 metas volantes.
 
Palavra do Diretor de Prova, Joaquim Gomes

"A 80ª edição da Volta a Portugal Santander além de apresentar a maior mancha no território nacional dos últimos anos, muito por culpa do regresso do Algarve e Alentejo, consegue, de modo equilibrado, unir com fases de adaptação, transição e recuperação, os dias mais exigentes da prova. 
Entendendo a “Volta” como um fenómeno social com responsabilidades bem mais abrangentes, em analogia com aquelas que se esgotam no campo desportivo, conseguimos, ainda e sem qualquer redução de interesse competitivo promover, dando eco ao espírito solidário dos nosso parceiros, a “Etapa Vida” e avançar com estreias absolutas na prova como o caso da partida de Sernancelhe, a exigente Montanha de “Torneiros”, em Boticas, e, por fim, ver pela primeira vez, a milenar aldeia de Ermelo, em Mondim de Basto, abrir as portas do “Alvão” para a descoberta da subida, de 1ª categoria, à Aldeia de Barreiro.
Em suma, é uma “Volta” marcada decisivamente pelo regresso da Covilhã e da Serra da Estrela, que se junta a Mondim de Basto e Fafe, como os dias mais decisivos. No entanto, como dizemos na gíria do ciclismo, “todos têm um dia mau”, e neste particular importa estar muito bem em dias como a chegada a Oliveira do Hospital, Boticas ou Braga, que sendo dias de transição podem deitar por terra as mais legítimas ambições de chegar à vitória.” 

Os Últimos Vencedores

No ano passado, a vitória de Raul Alarcón (W52/FC Porto) quebrou, novamente, a hegemonia espanhola.

2007 Xavier Tondo (Maia)
2008 David Blanco (Tavira)
2009 David Blanco (Tavira)
2010 David Blanco (Palmeiras Resort)
2011 Ricardo Mestre (Tavira-Prio)
2012 David Blanco (Efapel-Glassdrive)
2013 Alejandro Marque (OFM/Quinta da Lixa)
2014 Gustavo Veloso (OFM/Quinta da Lixa)
2015 Gustavo Veloso (W52/Quinta da Lixa)
2016 Rui Vinhas (W52-FC Porto)
2017 Raúl Alárcon (W52-FC Porto)  

Camisola da Montanha Liberty Seguros

Pelo 15º ano consecutivo a Liberty Seguros está na Volta a Portugal em Bicicleta.

Para o “Rei dos Trepadores” está reservada a Camisola Azul Liberty Seguros que simboliza o primeiro na
classificação dos 26 Prémios de Montanha que existem nesta edição. 

 
Paixão pelo ciclismo

O ciclismo toca diretamente a alma sã e genuína do povo. É um desporto que vai ao encontro das populações, passa à porta da sua casa e traz à luz do dia o que de mais bonito existe no ser humano.O espírito de equipa, a entreajuda, o trabalho árduo, a abnegação, o esforço sincero como condição incontornável para ter êxito. São estes os valores que distinguem o ciclismo e com os quais a Liberty Seguros se identifica.A presença constante da Liberty Seguros na Volta a Portugal em Bicicleta e o seu apoio fervoroso à modalidade do ciclismo levou ao nascimento da tão contagiante “Onda Azul Liberty Seguros”. A “Onda Azul” é uma claque de apoio ao ciclismo constituída por Colaboradores, Parceiros de Negócio, amigos e fãs do ciclismo, que de norte a sul vão colorindo de azul o país e que acompanham todas as Etapas da prova rainha do calendário velocipédico português.  A mesma “Onda Azul” que em 2010 adicionou outra causa à sua presença - a luta contra o Doping criando o movimento “Onda Azul Antidoping”.

Todas as emoções da Volta ao minuto na página oficial da 80ª Volta a Portugal