Atualização dos capitais mínimos do seguro obrigatório de responsabilidade civil automóvel

Na sequência da divulgação da Circular n.º 2/2022, de 15 de março, emitida pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), e em face da atualização quinquenal, vimos pelo presente informar que os montantes dos capitais mínimos do seguro obrigatório de responsabilidade civil automóvel foram revistos.

Deste modo, e a partir de 01 de junho de 2022, o capital mínimo obrigatoriamente seguro – nos termos e para os efeitos das alíneas a) e c) do n.º 1 do artigo 11.º do Decreto-Lei n.º 291/2007, de 21 de agosto – passará a ser de 6.450.000,00 € por acidente para os danos corporais, e de 1.300.000,00€ para os danos materiais.

Em face do exposto, esclarecemos que, quer os contratos de seguro que se encontram atualmente em vigor, quer as novas apólices que venham a ser contratadas com o Segurador, irão incorporar a atualização dos supra mencionados capitais mínimos, não havendo qualquer incremento no valor do prémio.

Para qualquer dúvida ou esclarecimento, por favor, entre em contacto connosco.

Contactos para Jornalistas
Notícias

Caso pretenda mais alguma informação que não esteja disponibilizada no nosso site, por favor contacte:

LLYC 

Raquel Godinho: rgodinho@llorenteycuenta.com

Carolina Borges: cborges@llorenteycuenca.com 

219 239 700

Bankinter e Liberty Seguros assinam nova aliança de bancassurance 

  • Ambas as entidades irão promover a inovação e a comercialização de seguros automóvel e de habitação em todos os canais e redes Bankinter, em Portugal e em Espanha, incluindo o EVO Banco. 
  • A capacidade de inovação da seguradora, bem como a sua presença internacional nos mercados em que o Bankinter está presente, foram fatores chave para a assinatura do acordo.
  • A Liberty Seguros terá uma participação de 50,01% na nova empresa e o Bankinter manterá os restantes 49,99%.

Lisboa, 23 de fevereiro de 2022. 

O Bankinter e a Liberty Seguros chegaram a um acordo para desenvolver conjuntamente o negócio dos seguros, através da empresa "Bankinter Liberty Hogar y Auto", que irá centrar a sua atividade na comercialização de produtos e serviços nestas duas linhas de negócio.

Através desta operação, sujeita à obtenção das autorizações regulamentares correspondentes, a Liberty adquire ao Bankinter 50,01% da empresa, já criada e registada anteriormente pela instituição financeira, sendo o banco detentor dos restantes 49,99%. 

Com este acordo, assinado pela CEO do Bankinter, María Dolores Dancausa, e pelo CEO da Liberty Seguros, Juan Miguel Estallo, ambas as entidades se comprometem a trabalhar em conjunto no domínio do bancassurance a longo prazo.

Nas palavras de Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty Seguros: “A agilidade, entusiasmo, integridade e originalidade do Bankinter são a combinação perfeita com o nosso compromisso com a tecnologia e com os produtos modulares. Colocando as pessoas em primeiro lugar e simplificando os processos, esperamos que os clientes venham até nós para desfrutar do futuro com confiança.”

María Dolores Dancausa, CEO do Bankinter, expressou a sua satisfação pela assinatura do acordo com uma empresa “que partilha os valores estratégicos do Banco, tais como a sua estratégia de distribuição multicanal e o excelente posicionamento digital”. Salientou ainda que “a escolha da Liberty Seguros como parceiro foi motivada, para além da sua experiência e historial neste negócio, pela sua forte presença em mercados onde o Bankinter está presente e onde quer desenvolver esta atividade, tais como Portugal, Espanha e Irlanda”.

Saiba mais em: www.libertyseguros.pt


Sobre a Liberty na Europa

A Liberty Seguros é a maior operação do Grupo Liberty Mutual fora dos EUA, que inclui negócios em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte sob a mesma estrutura legal. O Liberty Mutual Group, fundado em 1912, com sede em Boston, é o sexto grupo de seguros Não Vida nos EUA, com mais de 45.000 colaboradores distribuídos em 29 países.

Desenvolve a sua atividade nestes mercados através de diferentes linhas de negócios, principalmente a linha Auto, seguida pelas linhas Lar, Vida e Pessoal, procurando sempre a melhor experiência para os seus clientes, mediadores e colaboradores. Tem uma estrutura de negócios multicanal eficiente e sólida, que opera através de Mediadores e Parceiros, além do atendimento direto (canais telefónicos e digitais), distribuindo produtos de diferentes marcas: Liberty Seguros em Portugal e Espanha, onde também são comercializadas a Genesis e a Regal, e Liberty Insurance na Irlanda.

A Liberty Seguros opera em Espanha desde 2001, em Portugal desde 2003 e na Irlanda desde 2011. Com o objetivo de melhorar a experiência dos clientes e mediadores, a seguradora uniu os três negócios, concentrando os seus esforços no desenvolvimento das capacidades digitais e da inovação nos seus produtos e serviços. Tudo isto com o foco nas pessoas, numa perspetiva aberta e diversificada, marcada pela responsabilidade, melhoria constante e simplicidade, procurando alcançar o mesmo objetivo global: “Existimos para ajudar as pessoas a aproveitar o presente e a olhar com confiança para o futuro.”

Pode acompanhar as notícias da Liberty Seguros através dos nossos perfis no LinkedIn, Facebook, e Instagram. 


Sobre o Bankinter

O Bankinter é o sexto maior banco do sistema financeiro espanhol, o quarto por capitalização de mercado e o primeiro por rentabilidade e qualidade de ativos. Conta com mais de 107.000 milhões de euros em ativos totais, uma carteira de crédito de 68.000 milhões e recursos controlados de 119.000 milhões de euros. 

Com presença em Espanha, Portugal, Irlanda e Luxemburgo, o Bankinter assenta a sua estratégia em diferentes linhas de negócio complementares, entre as quais se destaca o negócio de empresas, com especial destaque para os segmentos de médias e grandes empresas; o segmento de clientes de elevado património, em que regista uma quota de mercado muito superior à que lhe corresponderia por dimensão; o negócio dos seguros; o de Consumo, através da sua subsidiária Bankinter Consumer Finance; e as suas subsidiárias EVO Banco, Bankinter Portugal ou Avant Money na Irlanda. 

O Grupo Bankinter é composto por mais de 6.100 colaboradores, entre Espanha e Portugal, sendo a única entidade em Espanha que tem mantido o crescimento dos seus Colaboradores nos últimos anos e um número estável da sua rede de filiais.

A excelente situação do banco em termos de solvabilidade, rentabilidade e qualidade de ativos foi destacada nos mais recentes testes de stress realizados em todo o sector financeiro pela Autoridade Bancária Europeia (EBA), em que o Bankinter foi o banco espanhol mais resiliente face a cenários macroeconómicos adversos e o terceiro mais resiliente da Europa.



Liberty lança o seu primeiro canal de venda direta em Portugal 

  • Génesis by Liberty Seguros é a marca criada pela seguradora, cerca de um ano depois de ter anunciado um investimento de 100 milhões de euros em tecnologia para operar o seu negócio na cloud pública. 
  • Com esta estratégia digital, a Liberty continuará a transmitir os valores que mais bem definem o serviço que quer proporcionar, apoiados na simplicidade, adequação, proatividade, experiência, empatia e respeito.

Lisboa, 25 de outubro de 2021. – A Génesis by Liberty Seguros é a marca do novo e primeiro canal de venda direta disponível pela seguradora Liberty em Portugal, a operação da Liberty Mutual integrada na Liberty Europa (Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte).

Esta plataforma resulta do investimento de 100 milhões de euros em tecnologia, o maior da empresa nos últimos anos, para desenvolver um ecossistema digital na cloud pública - um conceito completamente disruptivo na indústria, no qual todos os processos relacionados com a comercialização e gestão de seguros são levados a cabo de forma simplificada. Na Liberty, a transformação digital já era um compromisso claro para o negócio da empresa antes do contexto da pandemia. Este ano, com a implementação do modelo de teletrabalho, a Liberty tornou-se uma seguradora 100% digital.  

“Com esta marca, Génesis by Liberty Seguros, queremos aumentar a visibilidade e a força da marca Liberty tendo como principal objetivo tornarmo-nos na seguradora número um junto dos consumidores. O novo canal de venda direta é sobretudo dirigido a novos clientes que optam por soluções online. Com o canal de venda direta, a Liberty conseguirá chegar a todo o tipo de público, sem que nenhum dos canais de distribuição perca valor e importância”, explica Jesus Nuñez, Líder de Vendas e Distribuição da Liberty Seguros na Europa. “Esta estratégia está totalmente alinhada com os nossos valores de colocar sempre as pessoas em primeiro lugar e permite-nos, não só ganhar mais confiança e notoriedade junto do público, como fazer crescer a marca através de uma maior carteira de clientes que, consequentemente, se traduzirá em melhores resultados globais para a empresa”, acrescenta.

A transição digital em curso em todos os sectores da empresa advém de uma mudança nos hábitos dos consumidores que, nos seguros, procuram produtos cada vez mais personalizáveis, flexíveis e adaptados às suas necessidades reais. Esta mudança, embora desafiante, representa um mundo de oportunidades. A empresa precisa apenas de ter a agilidade necessária para moldar o seu negócio à procura atual e ao ritmo a que esta é exigida e para inovar nas soluções oferecidas de modo a satisfazer as expectativas dos clientes.

Sobre a Génesis by Liberty Seguros

Através do novo canal de venda direta da Liberty, os clientes podem subscrever uma apólice de seguro personalizada e pagar apenas pelo que necessitam. A plataforma está disponível em tempo real e em qualquer lugar, e representa uma forma de contactar a Liberty de forma rápida e ágil. 

Este canal de venda direta foi totalmente concebido a pensar nos clientes que procuram um serviço totalmente digital e online. Com esta iniciativa, a Liberty quer ser uma empresa acessível a qualquer tipo de procura e a primeira escolha na oferta e qualidade dos canais de distribuição, estando a criar um novo sistema à escala global comum a todos os países em que a Liberty opera.

O novo canal inicia a sua atividade com a oferta do seguro Génesis Automóvel, válido para veículos ligeiros de passageiros, para clientes individuais e através de apólices anuais. As franquias são fixas e são oferecidas novas coberturas como Proteção de animais domésticos; Cadeiras de transporte para crianças; Escolha a oficina e Extensão territorial RC. 

Para mais informação sobre a Génesis by Liberty Seguros consulte www.genesis.pt

Liberty reconhecida como “Great Place to Work” pelo novo modelo de trabalho digital

  • Esta é a primeira vez que a Liberty é reconhecida simultaneamente em todos os mercados em que opera na Europa: Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte.
  • O novo modelo de organização digital foi implementado em março de 2021.
  • Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty na Europa, considera que esta distinção é resultado do envolvimento dos colaboradores na tomada de decisões estratégicas e da construção uma cultura de confiança e flexibilidade.

Lisboa, 29 de setembro de 2021 – O recente lançamento do novo modelo digital de teletrabalho conferiu à Liberty, pela primeira vez em simultâneo nos quatro mercados europeus em que opera – Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte – a distinção, pela “Great Place To Work”, a empresa de consultoria líder na identificação e certificação dos melhores locais de trabalho a nível mundial, como uma das melhores empresas para trabalhar.

A companhia de seguros, que conta com cerca de 2.000 colaboradores na Europa, alcançou este marco depois de ter trabalhado em conjunto com os colaboradores no desenvolvimento e implementação de um novo modelo de trabalho alinhado com a estratégia global da empresa de se tornar uma empresa 100% baseada na cloud pública. Através de inquéritos e de procedimentos de escuta ativa, os colaboradores deixaram claro que não queriam voltar ao modelo de trabalho presencial.

Com o “Liberty Digital Way”, o modelo permanente de trabalho à distância, os colaboradores, incluindo aqueles em cargos de gestão, podem trabalhar à distância, com a opção de passar até dois dias por semana no escritório para realizar atividades específicas ou realizar reuniões presenciais. Este modelo baseia-se numa cultura de confiança, liberdade e flexibilidade e permite aos colaboradores a liberdade de viver e trabalhar em qualquer lugar dentro do seu país. Mais de 99% da força de trabalho apoiou o modelo desde o seu lançamento.

“Estamos orgulhosos por obter este reconhecimento nos quatro países em que estamos presentes, pois demonstra a importância da escuta ativa e do diálogo contínuo com os colaboradores quando se trata de tomar decisões estratégicas, tais como a implementação da Liberty Digital Way”, explicou Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty na Europa. “Esta certificação é o resultado de meses de trabalho com os colaboradores cujo principal objetivo passou por satisfazer e responder às suas necessidades de bem-estar emocional e desenvolvimento profissional na nossa empresa”, finalizou. 

“Great Place to Work”

Esta já não é a primeira vez que a Liberty recebe a distinção de “Great Place to Work”. Em Portugal, por exemplo, foi considerada um bom local para trabalhar de 2006 até 2010. 

Este prémio anual certifica os melhores empregadores internacionais e é um dos mais prestigiados no campo da gestão de pessoas em organizações. O processo de certificação é atribuído com base na opinião e avaliação feita pelos próprios colaboradores sobre diferentes aspetos da empresa, ao medir a confiança e a capacidade de atrair e reter talentos. 

Para tal, a empresa de consultoria utiliza uma ferramenta de diagnóstico chamada Trust Index, um questionário que contém 60 declarações e determina o nível de confiança que os colaboradores têm na organização; para o fazer, cada resposta analisa três tipos de relações: com os seus gestores/empresa, com outros colaboradores e com o seu próprio trabalho.

A Liberty opera na Europa através da Liberty Seguros, com sede em Madrid, Espanha, com filiais em Portugal, Irlanda e Irlanda do Norte. Em Portugal, a seguradora oferece uma variedade de coberturas de seguro residencial e de recheio. 

Liberty constitui Conselho para a Diversidade, Equidade e Inclusão para garantir igualdade de oportunidades a todos os colaboradores

  • Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty na Europa, também faz parte deste Conselho, que integra 19 colaboradores da empresa.
  • Nesta primeira etapa, a seguradora terá como focos a diversidade cultural, a integração de pessoas com deficiência, a inclusão de LGBTQ+ e a igualdade de género.
  • A empresa, pioneira na atenção às necessidades dos seus colaboradores e no trabalho para a melhoria da sua experiência, lançou em março o Liberty Digital Way, um novo modelo de organização digital. 


Lisboa, 21 de maio de 2021.  No Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, a Liberty anuncia a constituição do Conselho para a Diversidade, Equidade e Inclusão. Com este novo órgão, a empresa quer garantir a diversidade e igualdade de oportunidades de todos os seus colaboradores. 

Este Conselho, do qual faz parte Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty na Europa, bem como outros 18 colaboradores de diferentes departamentos e perfis, pretende constituir equipas diversificadas capazes de evidenciar as diferenças e semelhanças coletivas a nível cultural, garantir o acesso e a oportunidade de cada uma das pessoas que fazem parte da empresa, evitando distorções ou preconceitos dentro da mesma. Colocar as pessoas em primeiro lugar é um dos valores da Liberty, reforçado agora por esta iniciativa. 

“Aspiramos a ser uma empresa na qual os nossos colaboradores e clientes em todo o mundo se sintam incluídos e ouvidos. Valorizamos a diversidade, não apenas nas nossas palavras, mas também nas nossas ações. E acreditamos que, ao enriquecer a nossa cultura, estimulamos a inovação e conseguimos ser uma empresa melhor e mais forte”, explica Beatriz Ortega, responsável pela área de Employee Experience. 

Nesta primeira etapa do projeto, a empresa terá como foco pessoas com deficiências, uma causa que tem vindo a apoiar ao longo dos últimos anos através de várias ações como o patrocínio, desde 2007, da Equipa Paralímpica Espanhola e do apoio aos seus atletas. Irá também continuar a promover a diversidade cultural, que é intrínseca à Liberty na Europa, onde trabalham pessoas de 29 nacionalidades, reforçará a inclusão da comunidade LGBTQ+ e irá continuar a tomar medidas para promover a igualdade de género.

Este novo órgão vai reunir frequentemente para gerar discussões e colocar em marcha ações sobre estes pontos que permitam continuar a criar um espaço de trabalho diverso, equitativo e inclusivo.

O compromisso da Liberty com os seus colaboradores

Esta é mais uma iniciativa que demonstra o compromisso da Liberty com as suas pessoas, o seu ativo mais valioso. Como a empresa destacou em diversas ocasiões, é uma multinacional pioneira na escuta das necessidades das suas equipas e no trabalho e envolvimento no sentido da melhoria da sua experiência de forma contínua e integrada na sua estratégia.

Foi neste sentido que a Liberty lançou o Liberty Digital Way, um novo modelo de trabalho para os seus quase 2.000 colaboradores na Europa que se antecipa aos desafios do futuro e responde a um pedido generalizado expressado pelos colaboradores e apoiado pelos resultados muito positivos da experiência de trabalho em contexto digital.

Este novo modelo de organização está incluído no projeto de transformação integral que a Liberty começou a desenvolver e implementar há dois anos, com o objetivo de se tornar a primeira seguradora 100% digital. Graças a este novo modelo, os colaboradores têm a flexibilidade de escolher onde querem viver e trabalhar dentro do seu território nacional. 


Liberty assume modelo de trabalho remoto, a sua próxima etapa para tornar-se uma organização totalmente digital  

  • Um ano depois de começar a operar com um modelo de negócio na cloud, a Liberty anuncia uma nova aposta na digitalização dando aos seus colaboradores na Europa (Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte) a possibilidade de escolherem de forma permanente o lugar onde querem trabalhar.  
  • Torna-se, assim, a primeira grande empresa do setor a anunciar um modelo de trabalho digital, onde os colaboradores podem desempenhar as funções a partir de casa. 
  • Em julho de 2020, a Liberty anunciou um investimento de 100 milhões de euros para criar um ecossistema tecnologicamente revolucionário para reinventar o seu modelo de negócio na cloud.  


Lisboa, 11 de março de 2021. – Sob o lema “Liberty, Best Place to Be”, Juan Míguel Estallo, CEO da Liberty para o mercado europeu, anunciou aos dois mil colaboradores da seguradora em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte que, a partir de hoje, e de forma definitiva, vão trabalhar a partir de qualquer lugar, seguindo um modelo de trabalho remoto. A empresa vai melhorar as condições laborais dos colaboradores, uma vez que estes vão receber adicionalmente 660 euros brutos, por ano, para cobrir despesas. A empresa dará aos colaboradores a opção de passar até dois dias por semana no escritório, assim que a pandemia passar, para realizar atividades específicas ou reuniões presenciais. 

“Esta é uma decisão em linha com a nossa identidade e valores e que tem em conta as necessidades de conciliação da vida pessoal e profissional dos nossos colaboradores. Além disso, é mais um passo no modelo de negócio na cloud, no qual já estamos a trabalhar e que estará totalmente operacional em 2024”, explica Juan Miguel Estallo, CEO da Liberty Europa. “É uma resposta aos desejos dos colaboradores. Através de um inquérito para avaliar a experiência de trabalho, constatámos que 93% dos colaboradores afirmam não querer voltar ao modelo de trabalho em vigor antes da pandemia. Queremos antecipar o futuro pondo as pessoas em primeiro lugar, aumentado a eficiência e atendendo às expetativas de flexibilidade dos melhores talentos do mercado. Assim, quem trabalha na Liberty pode viver onde preferir”, acrescenta. 

Os colaboradores vão receber 55 euros mensais adicionais para cobrir despesas relacionadas com a atividade e vão manter outros benefícios como o subsídio de alimentação, conforme explicou a empresa às equipas, de uma forma esclarecedora e próxima. Trata-se de uma decisão que a Liberty já estava a estudar antes da chegada da COVID-19 e que significa um salto para um modelo de trabalho atualizado que se adapta melhor aos estilos de vida do presente e do futuro.  

Nas palavras da responsável pela área de Employee Experience da Liberty, Beatriz Ortega, “as pessoas estão em primeiro lugar no nosso projeto e esta é a prova disso. Por isso, trabalhámos em conjunto com os nossos colaboradores para criar um novo modelo de trabalho que seja coerente com a nossa estratégia e com as suas necessidades atuais. Um modelo que integre benefícios como a flexibilidade de horários, a mobilidade geográfica e atenue os aspetos mais sensíveis”. “Há anos que apostamos em programas de bem-estar que garantam o conforto e a segurança no espaço de trabalho. Neste último ano, estivemos focados em garantir a desconexão digital, o bem-estar físico e emocional dos nossos colaboradores, assim como a adaptação ao posto de trabalho na casa de cada colaborador”, completou Beatriz Ortega.  


Liberty nomeia José Luis García como Diretor de Produto para as operações na Europa

  • O novo responsável irá liderar a área de produto em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte.
  • José Luis García, atual Diretor de Estratégia e Transformação, substituirá Juan Miguel Estallo, que detinha o cargo até à sua recente nomeação como CEO da Liberty na Europa.
  • No ano passado, a Liberty anunciou um investimento de €100 milhões para criar uma infraestrutura de negócios revolucionária baseada na cloud, nos próximos quatro anos, quando todos os produtos europeus da Liberty adotarão esta solução única.

Lisboa, 18 de janeiro de 2021 –
A Liberty, empresa que opera o Liberty Mutual Global Retail Markets na Europa, nomeou José Luis García como Diretor de Produto para o Mercado da Europa Ocidental, no qual a seguradora opera, que inclui Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte.
José Luis García é o atual Diretor de Estratégia e Transformação para as operações europeias da empresa e substituirá Juan Miguel Estallo, que ocupava o cargo até à sua recente nomeação como Chief Executive Officer (CEO) da Liberty na Europa.
Como Diretor de Produto, José Luis García irá continuar a aprimorar a colaboração e a partilha das melhores práticas com os mercados da Região Oeste e funções globais a todas as operações, aproveitando a escala global da Liberty para oferecer os melhores produtos, preços, subscrição e estratégias de resseguros.
“Ao mesmo tempo que dou as boas-vindas ao novo ano, tenho a oportunidade de poder assumir este novo desafio pelo qual estou extremamente grato à Liberty Seguros. É um momento entusiasmante para liderar a área de produto com a nossa nova abordagem aos seguros, baseada na cloud, que nos permite oferecer produtos modulares e ser mais ágeis no lançamento de novos produtos e desmistificação de produtos de seguro para os consumidores”, destaca José Luis García. “É um momento desafiante para todas as empresas e consumidores, mas tenho esperança no futuro, pois sob a liderança de Juan Miguel Estallo, uma coisa é certa: na Liberty vamos continuar a garantir o cumprimento das nossas promessas aos nossos clientes e a viver segundo os nossos valores, colocando as pessoas em primeiro lugar”, acrescenta.
José Luis García integrou a Liberty em 2015 como Diretor Administrativo na equipa de estratégia internacional dos mercados este e oeste da Liberty Global Retail, tendo trabalhado na definição da estratégia internacional e em projetos estratégicos selecionados a nível global, regional e local.
A sua experiência anterior e atual em estratégia de mercado e a sua excelência operacional colocam-no na posição ideal para liderar a área de produto da Liberty, dando continuidade ao seu caminho rumo à excelência operacional.
Em julho de 2020, a Liberty anunciou um investimento de €100 milhões na criação de um novo modelo operacional de seguros, através da criação de um conceito único de tecnologia disruptiva baseado num ecossistema digital na cloud pública. Desde então, o seu negócio Auto, em Espanha e na Irlanda, já opera através de uma abordagem insurtech baseada na oferta de produtos simples e modulares para os clientes. Em Portugal, a seguradora deverá começar a ter serviços de seguros executados em ambiente cloud a partir deste ano.


Juan Miguel Estallo é o novo CEO da Liberty Seguros

  • Juan Miguel Estallo irá liderar as operações da Liberty em Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte.
  • Em julho de 2020, a seguradora anunciou um investimento de €100 milhões na criação de um ecossistema tecnológico revolucionário, para reinventar o seu modelo de negócio na cloud.
  • Os negócios diretos de Auto já estão a operar na nuvem, seguindo uma estratégia de insurtech baseada em produtos modulares.

Lisboa, 23 de novembro de 2020 – A Liberty Seguros, empresa que gere os negócios de retail da Liberty Mutual na Europa, nomeou Juan Miguel Estallo como o novo Chief Executive Officer (CEO). A nomeação foi autorizada pelo Conselho de Administração da Liberty Seguros e encontra-se sujeita à aprovação do regulador.

Juan Miguel Estallo irá supervisionar a operação da Liberty Seguros no Mercado da Europa Ocidental, que inclui Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte, substituindo Tom McIlduff, que recentemente comunicou à empresa a sua intenção de procurar novos desafios profissionais. Tom McIlduff, que lidera a Liberty Seguros desde 2017, irá trabalhar com Juan Miguel Estallo para garantir uma transição organizada ao longo dos próximos meses.

Juan Miguel Estallo soma um percurso de treze anos na Liberty Seguros, tendo já ocupado diferentes funções de responsabilidade. Faz parte da equipa executiva desde 2013. Mais recentemente, como Diretor Executivo de Produto, Juan Miguel Estallo tem liderado esta unidade de negócio, desenvolvendo estratégias de preços e produtos que ajudaram a fazer crescer o negócio de forma lucrativa e sustentável. Em Espanha, o responsável contribuiu para posicionar a Liberty Auto Business como a segunda empresa que mais cresceu no mercado no desafiante ano de 20201.

“Estou muito orgulhoso e grato à Liberty por ter esta oportunidade de liderar a empresa nestes tempos desafiantes. Ao longo de 2020 mostrámos que podemos expandir os nossos negócios, graças ao entusiasmo da nossa equipa. Na Liberty existimos para ajudar as pessoas a desfrutar do presente e a olhar para o futuro com confiança, por isso, continuarei a garantir que cumprimos o nosso compromisso com os nossos clientes e com a sociedade, demonstrando e potenciando os nossos valores, colocando sempre as pessoas em primeiro lugar ”, comentou Juan Miguel Estallo.

No passado mês de julho, a Liberty anunciou um investimento de €100 milhões de euros para criar uma nova forma de gestão de seguros, desenhando um conceito único de tecnologia disruptiva baseado num ecossistema digital na nuvem pública. Desde então, o negócio direto de Automóvel em Espanha e na Irlanda já se desenvolveu como insurtech, baseado na oferta de produtos modulares, personalizáveis e simplificados.

1 Segundo dados do ranking ICEA, do terceiro trimestre de 2020.


Liberty disponibiliza linha exclusiva de apoio no âmbito da depressão Bárbara 

Seguradora pretende facilitar aos Clientes e agentes de seguros a comunicação de ocorrências, de forma a assegurar uma intervenção mais rápida e eficiente 

Lisboa, 20 de outubro de 2020 – Numa altura em que a depressão Bárbara passa por vários distritos de Portugal, a Liberty deu início a um protocolo para intensificar o apoio aos seus segurados e disponibiliza uma linha exclusiva de atendimento aos Clientes e Parceiros de Negócio para comunicação de ocorrências. O objetivo é facilitar o contacto e assegurar uma intervenção mais rápida e eficiente, que permita aos Clientes regressarem à normalidade o mais rápido possível.

Em caso de incidentes no contexto da depressão Bárbara, os Clientes e Parceiros de Negócio podem contactar a Liberty pelo número de telefone 808 500 110, ou por correio eletrónico através do e-mail sinistros.tempestades@libertyseguros.pt ativados especificamente para dar suporte a esta situação.  

Através destes canais, os Clientes da seguradora poderão receber qualquer esclarecimento no âmbito das perdas ou estragos de bens, bem como obter mais informação sobre o apoio que pode ser prestado pela Liberty no terreno.  

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o estado do tempo no continente vai agravar-se a partir das 12h00 com chuva forte, rajadas até 100 quilómetros por hora e até 130 quilómetros por hora nas terras altas e agitação marítima, em especial na costa da região sul. Foi emitido um aviso vermelho para o início da tarde, e até às 18h00, nos distritos de Lisboa, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Évora, Faro e Beja. 

Como medidas de prevenção para evitar possíveis danos, a Liberty recomenda que os Clientes não utilizem o automóvel ou tenham a máxima precaução ao volante e fechem corretamente as portas e janelas das suas casas. 


Liberty investe 100 milhões de euros para criar sistema cloud based

  • Todas as operações da seguradora na Europa funcionarão através de uma nova tecnologia baseada na cloud
  • Toda a tecnologia foi construída de raiz, eliminando a complexidade dos sistemas anteriores
  • Através de uma abordagem insurtech, a Liberty poderá lançar novos produtos completamente modulares
  • Trata-se de uma mudança de paradigma, na medida em que é construída uma base empresarial totalmente nova em cloud pública sem qualquer ligação ao ecossistema existente


Lisboa, 27 de julho de 2020 – A Liberty acaba de lançar, nas suas operações na Europa – em Portugal, Espanha e Irlanda – um novo modelo de operação de Companhia de Seguros baseado num ecossistema digital na cloud pública, um novo conceito de tecnologia disruptiva onde todo o processo relacionado com a comercialização e gestão de seguros será executado de forma simplificada.

Tradicionalmente, este negócio baseia-se em diferentes processos e tecnologias para gerir orçamentos, reclamações, serviços ao cliente, compras e outras atividades centrais, o que representa uma complexidade de sistemas, hardware e software, que podem ser diferentes em cada país onde as empresas operam.

Há 18 meses, a Liberty começou a desenvolver o conceito para construir um novo conjunto de tecnologias modulares e colaborativas para gerir um negócio de seguros na cloud. Sem qualquer ligação a sistemas já existentes ou centros de dados e, com base no conceito de uma modularidade, a empresa investiu numa solução completa onde os produtos e serviços podem ser lançados sem restrições relacionadas com a língua, a moeda ou o contexto de mercado baseada em processos lean, low-touch ou no-touch.

“Quando há alguns anos decidimos operar como uma empresa global em todos os mercados, aproveitando a nossa pegada global e os nossos 108 anos de conhecimento, compreendemos que não podíamos olhar para a tecnologia por detrás da empresa de uma forma tradicional. Assim, em vez de migrarmos a nossa tecnologia, decidimos começar do zero, reconstruindo todo um novo modelo de negócio na nuvem, ligando diferentes tecnologias num ecossistema comum. Isto representa um enorme esforço para uma empresa da nossa dimensão, mas estamos certos de que estes investimentos irão assegurar a sustentabilidade da empresa, independentemente da procura dos consumidores existentes e novos ou da inovação do mercado que o futuro nos trará”, comenta Tom McIlduff, CEO da Liberty.

“Estamos certos de que este ecossistema fará total diferença no dia-a-dia dos nossos agentes, tornando o seu trabalho mais ágil e eficiente, mas também terá um impacto muito relevante nos clientes, que passarão a ter uma oferta totalmente personalizada e adaptada àquilo que procuram e que necessitam. Acreditamos que esta filosofia e tecnologia serão disruptivas, não só no sector segurador, mas também ao nível de como as empresas se modelam às novas exigências e tendências de mercado”, acrescenta Alexandre Ramos, CIO da Liberty e quem participa numa grande equipa da Liberty desde o início desta grande transformação.

A Liberty soma 108 anos de know-how no sector dos seguros, mas tem as capacidades digitais de uma Insurtech. Com esta abordagem, a seguradora será capaz de lançar novos produtos ou unidades de negócio nos mercados existentes. 

Em Portugal iremos implementar o mesmo conceito digital first para clientes e parceiros, que permitirá potenciar produtos modulares melhorados, totalmente personalizáveis aos clientes e com vista à simplificação.

Este processo estará concluído em quatro anos, altura em que todos os produtos da Liberty na Europa utilizarão esta solução única e serão investidos mais de 100 milhões de euros em aplicações e características na nuvem, onde agilidade, time-to-market, simplicidade e foco nos clientes e parceiros serão centrais.




Estamos a processar o seu pedido